en pt

Blog da Thaissa

Open Source: Perdendo o Medo de Contribuir

Oi, gente! Neste post vou falar um pouco dos meus primeiros passos com a colaboração em projetos Open Source! Eu já havia lido que colaborar nos ajuda a ganhar experiência e podemos aprender com os outros. Porém, eu sempre tive um pouco de medo por eu não ter muita experiência ou por minha contribuição não ser boa o suficiente. Recentemente, resolvi me arriscar e fiz algumas contribuições bem simples que me ensinaram bastante! Vou falar sobre elas neste post.

Meu primeiro Pull Request ( no site da PythonRio !)

O primeiro lugar para se buscar projetos para colaborar é o Github! Nele, podemos encontrar vários projetos acontecendo e precisando de colaboradores. Eu já usava o Github há algum tempo para colocar meus projetos escolares, mas ainda não o havia usado como plataforma de colaboração.

Bem, aqui no Rio temos o grupo PythonRio que se reune todos os meses. O grupo possui um site em feito em Lektor e precisava de ajuda para melhorá-lo. A primeira coisa que eu fiz foi ler a lista de issues que estavam no projeto e dentre estas estava que precisávamos criar uma seção de blog do site.

Eu forkei o projeto e comecei a trabalhar nisso. Eu havia assistido uma palestra do Luciano em um dos encontros do PythonRio e o Lektor é bem simples de se trabalhar.

Feito o meu trabalho na minha máquina local, eu enviei os meus Pull Requests! O Luciano me ajudou bastante na época e eu pude ver o quando é simples!

Depois de enviado o Pull Request, pode-se ver o quanto que os meus commits são compatíveis com o código que já está no projeto. Isso facilita para que o dono do projeto possa analisar e aprovar o Pull Request!

Ajudando na tradução do tutorial do Django Girls!

Isso eu não sabia antes, mas pode-se colaborar com Open Source sem nem mesmo saber programar! É isso mesmo! Há vários projetos que precisam de documentação ou tradução!

No começo do ano, as meninas do Pyladies aqui do Rio organizaram um Django Girls (tem um post no blog sobre o evento). Entre uma das coisa que precisávamos trabalhar era na tradução do tutorial! O tutorial original em inglês costuma ter muitas mudanças e é sempre bom que a tradução acompanhe.

Eu perguntei para as meninas o que poderia fazer pra ajudar e elas passaram o link do Crowdin do tutorial. Ali, qualquer pessoa pode postar a sua sugestão de tradução para que ela possa ser votada.

Depois de um tempo escrevendo as sugestões, eu resolvi ir mais além: mandei um e-mail para as organizadoras do projeto pedindo que eu pudesse revisar as traduções! A partir daí, pude começar a revisar as traduções do tutorial do Django Girls para o português!

Enviando patches pro Kernel! xD

Até o ano passado eu fazia estágio em Sistemas Operacionais. Também, depois que puxei a disciplina de SO na faculdade, passei a me interessar mais pelo assunto. Logo depois, eu fiquei sabendo do Outreachy e que dentro de seus projetos está o Kernel do Linux!

O Outreachy abre inscrições duas vezes ao ano e a inscrição inclui fazer colaborações ao projeto de seu interesse! Eu tava super animada e comecei a trabalhar nisso. Segui o tutorial da wiki do projeto e comecei a enviar os meus patches.

Eram patches bem bobinhos e mais relacionados ao padrão de código do projeto, mas serviram como um aprendizado para mim! Aprendi a compilar o kernel, a usar o mutt e a enviar commits por e-mail. Para minha surpresa, tive alguns patches aceitos e meu nome está entre os colaboradores da release 4.6!

Conclusão

Posso dizer que é bem simples colaborar com Open Source! Sempre acontecem dúvdas e em alguns momentos eu me senti perdida. Nesses momentos, a melhor opção é PEDIR AJUDA! Acredito que a comunidade está acima de tudo no Open Source, então não há problema em pedir ajuda. Sempre haverá alguém disposto a ajudar! :)

Newer >>